Um tio quase perfeito… Poderia ser melhor… Mas convence..

Um tio quase perfeito poderia perfeitamente ser uma comedia familiar da decada 80/90… O cartaz ja diz tudo… Um filme pra toda família…

De cara lembro do filme com o querido e falecido John Candy..  Quem ve cara nao ve coração de 1989…

Marcus majella é o tio Tony que vive aplicando pequenos golpes e trabalhando em empregos duvidosos..

O filme do diretor Pedro Antonio utiliza todos os clichês do gênero e da epoca… Personagens desastrados… Adulto infantil que precisa virar adulto na marra… Um pai ausente… Criancas difíceis e espertas que precisam de um adulto por perto…. Um bandido rondando a casa… E por ai vai..

Entretanto não posso dizer q o filme seja ruim.. Ele cumpre seu papel de filme familiar/Sessao da tarde.. Inclusive toda sua estética remete a filmes feitos para Tv.

Majella consegue se distânciar do personagem Ferdinando da tv a cabo… E constrói um amável e crível tio tio doidinho.. Mas nao vai muito além disso… O filme, também,  não consegue se descolar da imagem de filme de férias sem nenhuma pretensão.. O que não é nenhum pecado..  Sem muita imaginação… Mas eficiente Na comédia leve.. Um tio quase perfeito vale a pipoca e o refri… Com os sobrinhos..

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s