Uma brevíssima historia da Ficção Cientifica no Cinema..

O futuro sempre foi uma paixão para o ser humano… Olhamos como crianças para a janela que se abre a nossa frente… robôs mordomos, viagens no tempo, a conquista de marte nada disso aconteceu, mas os primeiros 15 anos deste século foram extremamente proveitoso para a ficção científica cinematográfica. Mas, vamos lançar um breve olhar sobre o passado e tentar vislumbrar o nosso futuro.

O Sci-fi é tão antigo quanto o cinema, em 1902  Georges Méliès dirigiu ‘”A Trip To The Moon” que é o primeiro exemplo do gênero na tela grande. Outros tão, ou mais famosos, foram intensamente acalmados pelo público e critica – Metropolis de Fritz Lang e Daqui a Cem Anos de William Cameron instigaram a imaginação de milhões com as maravilhas do futuro distante.

No pós-guerra a energia nuclear tornou o futuro incerto e assustador. Era a vez da paranoia comunista despertar os medos e surgiram grandes eventos cinematográficos como Destination Moon, When Worlds Collide, The Time Machine, The War of the Worlds, entre tantos outros. Filmes sobre alienígenas tornaram-se muito populares nesta época. 

1960 trouxe o filme que revolucionou, inspirou e inspira toda a ficção cientifica moderna, 2001: Uma Odisséia no Espaço dirigido por Stanley Kubrick e escrito por Arthur C. Clarke. O filme foi o divisor de águas para os efeitos visuais e estética cinematográfica.  Steven Spielberg chamou a obra de “O Big Bang da Ficção Cientifica”. Desta mesma época temos Planet of the Apes, Fantastic Voyage e Fahrenheit 451. 

Cinematograficamente falando, a década de 1960 durou até 1977 quando outro “boom” ecoou nas telonas.. Star Wars de George Lucas – pode não ter sido o marco da cinematografia mundial, mas, definitivamente foi aquele que tornou a Ficção acessível a todos os públicos.  São desta época A Clockwork Orange,  Alien, Solaris e Star Trek: The Motion Picture. 

A década de 80 foi dominada pela febre StarWArs, StarTrek e Alien, mas, tivemos escapadas que modificaram a forma de assistir o gênero: Bade Runner, Terminator, Robocop, Outland e Enemy Mine apresentaram diferentes versões do futuro, até então não exploradas.

Em 90, influenciados pela grande rede e pelo cyberpunk formos lançados ao encontro de realidades virtuais e novas experiencias com efeitos especiais. Desta época temos Johnny Mnemonic, Total Recall, Armageddon, Jurassic Park, Independence Day, Gattaca e por aí vai. 

E por fim??? chegamos aos 2000 onde tudo tornou-se possivel. Todas as formas de pensar cinema tiveram que ser ajustadas.. Grandes filmes ficaram pequenos frente ao Deus dos efeitos especiais.. O céu passou a ser o limite e a criatividade, ou falta dela, virou o grande problema do cinema. Mission to MarsRed Planet, Star Trek e Star Wars, Serenity e Titan A.E – Tudo passou a ser variações do mesmo tema, e voltamos outra vez ao passado. 

A luta passou a ser encontrar novas formas de contar velhas historias, pois o futuro somos nós e já vivemos neles. Não temos mais a ilusão dos aviões, maquinas do tempo, marcianos, monstros de raio x e afins. Fomos lançados no abismo da informação onde temos tudo e no final não temos nada, mas sempre.. sempre teremos as estrelas para sonhar.

Anúncios

2 Respostas para “Uma brevíssima historia da Ficção Cientifica no Cinema..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s