4 Filmes Clássicos de terror para atormentar sua sexta-feira13…

Em comemoração a nossa querida sexta-feira 13 nós falaremos sobre grandes lindos filmes de terror, do passado. Aqui estão 5 filmes que são devastadoramente belos e aterrorizantes.

Near Dark – Quando chega a escuridão (1987)

Apesar da trama enrolar até os últimos 30 minutos este filme de Kathryn Bigelow realizado em 1987  é um relógio quando o assunto é terror. Com uma trilha impecável de Tangerine Dream e a fotografia fulminante de Adam Greenberg, Bigelow facilmente convence o espectador que algo fora do comum espreita nos espaços abertos do oeste americano. Neste caso, uma kombi cheia de vampiros andarilhos, que inclui Lance Henriksen e Bill Paxton como um dos melhores sugadores de sangue do cinema..

The Descent (2005)

“Este filme evoca visões infernais, de pinturas famosas ( Black Paintings de Goya , Fuseli de The Nightmare ). Essas referências, quase subliminares, ajudam a impulsionar The Descent, e dar-lhe uma poderosa energia mítica. Ele agarra você pelo colarinho e mostra quando recorrer a estas imagens para criar o tom certo do medo alucinatório, configurando-o e reverberando em sua cabeça. O filme não é pretensioso é apenas estranhamente macabro. 

O Nevoeiro (1980)

John Carpenter tornou-se um” Master of Horror “, principalmente, pelos elementos claustrofóbicos: pessoas enclausuradas em bases, armários ou igrejas, mas a fotografia dos espaços abertos, também, marcaram sua carreira. E uma das maiores provas disso é o Cult da decada de 1980, The Fog. E enebriante ver  Adrienne Barbeau andando pelo caminho sem fim até o farol onde trabalha, com o Oceano Pacífico preenchendo sua tela widescreen. Há algo belo e sinistro rondando a imagem – um dos meus momentos favoritos do filme – e quase vale a pena assistir o filme só por essa imagem.

The Hunger – Fome de Viver (1983)

A abertura dos créditos de Fome de Viver ( The Hunger ), é a melhor coisa que Tony Scott já fez, –  Desculpe Top gun, vá vender sua paranoia da Guerra Fria em outro lugar! – A saturação da cor, os cortes secos, O baixo demoníaco contra uma guitarra destorcida era a melhor maneira de começar o inferno de sangue que estava por vir..

Bom é isso filmes incríveis.. sexta-feira 13… pipoca na panela.. acho que dá pra começar a noite.. \o.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s