“The Changeling” e a importância do som nos filmes de terror..

The Changeling (1980) é um filme que influenciou diretores como Martin Scorsese e Alejandro Amenabar. Mesmo assim, não teve o mesmo reconhecimento que O Exorcista, por exemplo. Talvez porque não seja um filme de vísceras e sangue, em vez disso, é construído em cima do som:

John Russell (interpretado por George C Scott) é um compositor Nova Yorkino que, nos momentos iniciais do filme, vê sua esposa e filho morrerem em um acidente de carro. Em seguida, avançamos para o futuro, onde ele aceita um novo emprego numa escola em Seattle e está tentando colocar sua vida nos eixos. Ele aluga uma velha casa com uma sala de música, e empolgado volta a compor. Entretanto, a cada manhã ouve um um som batendo que não pode ser explicado, e logo fica claro que uma entidade na casa quer ser ouvida.

Passamos então a ouvir sons: Russell sobre o piano, tubos batendo, vento soprando, uma caixa de música tocando, salpicos de água, e um bola quicando. Nenhum dos sons são assustadores por si, é a repetição deles junto com o entendimento de que o silêncio também é uma ótima ferramenta que invoca o terror para nossa tela.

Não há gritos, estrondo ou choros nada de voz alta ou sons discordantes. George C Scott não cede ao medo ou pânico, em qualquer momento. Ao contrário, ele reage de forma moderada, e em seguida, tenta descobrir o que está acontecendo, de modo que o elemento de mistério sempre prevalece.

Não é que The Changeling seja um filme surpreendentemente original; essas idéias de casa assombrada, quarto assustador, sessão espírita, são territórios já explrados. É mais uma prova de que o som quando bem trabalhado eleva o medo e é por isso que este filme é um dos meus filmes de terror favorito…

Normalmente, quando assistimos a um filme de terror falamos em desligar as luzes e colocar as mãos sobre os olhos. Bem, com The Changeling você não tem que se preocupar com isso, apenas certifique-se que você tem o controle de volume próximo.

Anúncios

2 Respostas para ““The Changeling” e a importância do som nos filmes de terror..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s