A mitologia moderna da Marvel…

marvelCom os ultramusculosos atores-super-heróis de hoje – explodindo na tv e no cinema – é fácil esquecer que houve um tempo que os quadrinhos estavam numa verdadeira conversa com a cultura pop. Era muito mais do que uma simples fonte de lucro para empresas de comunicação.

Desde seu nascimento por volta de 1930, as histórias em quadrinhos, eram pouco mais que um filho bastardo das tiras de jornais. Aos poucos foi se fortalecendo e virando um cozido pronto para incluir o cinema, TV, música pop, figurinhas de chiclete e muito mais.

Essas conversas, culturais e temporais, são retomadas no livro ilustrado da Taschen, “75 Anos da Marvel: da Idade do Ouro para a tela de prata”, escrito por Roy Thomas, ex- editor da Marvel e editado por Josh Baker. Thomas, que também edita a revista em quadrinhos Alter Ego, tem saudades dos dias em que os comics eram muito mais do que gado na fazenda Hollywood. “Há um sentimento de perda, porque hoje é a cauda que abana o cachorro”, disse numa entrevista ao New York Times.

Ainda assim, ele acrescentou: “Personagens de quadrinhos sempre foram franquias. Mas ninguém se preocupava com eles”.

O livro será ilustrado, com mais de duas mil imagens e vai explorar os personagens da editora e os autores responsáveis por sua criação – Stan Lee, Jack Kirby, Steve Ditko, John Romita, John Buscema e Marie Severin. A obra inclui imagens de capas antigas, arte original, fotos de bastidores, fotogramas dos filmes, brinquedos, jogos clássicos e uma parte dedicada a cronologia da Marvel.

Por enquanto… a venda no site da Amazon… ou por encomenda nos santuários dos quadrinhos espalhados pelo Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s